Quando chega a hora


Chega a hora em que você precisa parar de colocar pra si todas as dificuldades do mundo pra não fazer aquilo que você quer – e precisa – fazer.

Relogio-antigo-closeup

Chega a hora de ir lá e fazer. Pode até ser que isso seja mais fácil do que você pensou. Pode não ser absolutamente nada demais, pode ser uma simples tarefa complexa cotidiana que você precisa fazer, mas que você percebe que não é tão complexa assim.

Chega a hora em que você precisa transformar desejos em ações. A hora de se movimentar.

Chega a hora de escrever aquele livro que escreveu-se por si na sua cabeça, mas nunca foi parar no papel. Até hoje.

Chega a hora de fazer aquele curso de mandarim cuja a ideia você já até aparecia ter abandonado. Mas não abandonou. Aliás, ela nunca te abandonou.

Chega a hora de ressuscitar aquele projeto que você nunca considerou prioridade na sua, mas não saía da sua cabeça.

Chega a hora que você sente a necessidade encher aqueles seus cadernos antigos com novas ideias. Aquelas que não param de borbulhar na sua cabeça.

Chega a hora que não dá mais para procrastinar. Em que se chegou no limite da enrolação. É hora de parar de pensar. É hora de se mexer.

E se você quiser, essa hora pode ser agora.

Sobre Ricardo Silva

Sem talento para auto definições.
Esta entrada foi publicada em Filosofando com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Quando chega a hora

  1. Cicero diz:

    Cara… acho que já te falei (escrevi) em outra ocasião… pelo sim, pelo não… só queria de te dizer que tu é phoda.

Faça seu comentário. Exponha sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s