21 – Adele


Se algum produtor ou gravadora se depare-se com as letras do álbum 21 da cantora britânica Adele, descartaria na hora com a justificativa: piegas demais. Mas depois de ouvir a voz da autora daquelas letras melosas e românticas, mudariam na hora de ideia: “Vamos gravar isso agora!”. A situação é hipotética, mas serve para explicar muito bem o que é o 21 (2011).

Adele conseguiu fazer o que muitos cantores e cantoras pop’s atuais não conseguem: sucesso sem apelos pornográficos ou coreografias ridículas. Ela é uma anti-musa, recatada e que canta seus dramas pessoais em letras que apelam para o sentimental e em outros momentos o pieguismo. Mas não julgue isso como sendo algo ruim. A voz rouca e o timbre alto da cantora num tom que remete ao folk e um soul de boutique, sem contar alguns elementos do blues, faz com que as letras nos emocionem, nos deixe ser contagiados pelo romantismo dessa moça gordinha, que escreve para desabafar e compõe para exorcizar seus dramas pessoais. Mesmo escrevendo sobre situações predominantemente femininas, Adele faz grande sucesso entre homens de meia-idade. Suas letras falando de frustrações, decepções e seus problemas de ajuste social, fazem com que o público masculino se sinta dentro dos melodramas de forma extremamente pessoal. Óbvio que o público feminino também se sente extremamente identificado com as canções da britânica. Músicas como Rolling In The Deep, Lovesong, Set Fire to The Rain ou ainda Don’t You Remember derretem o coração mais duro, e os  corações femininos não costumam ser os mais resistentes quando o assunto é sentimento.

Uma explosão de vendas em todo mundo, Adele é uma cantora que está se completando, que ainda precisa amadurecer alguns aspectos de seu trabalho, dá uma maneirada nessa exacerbação romântica, encontrar seu equilíbrio. Contudo, seus trabalhos já mostram o quanto essa cantora tem para mostrar e cantar. Que venha mais!

Anúncios

Sobre Ricardo Silva

Sem talento para auto definições.
Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , , . ligação permanente.

2 respostas a 21 – Adele

  1. Amanda de Carvalho diz:

    Também gosto dela!!!
    Linda,talentosa,romântica!!!!!PERFEITA!!!!

  2. Laura diz:

    Adele é perfeita, não precisa de ajustes, crescimento, amadurecimento. A musicalidade é tão intuitiva quanto de formação. Não é à toa que se formou em uma das melhores escolas musicais inglesas. O que Adele faz de melhor é justamente trabalhar o que parece comum de forma profissional e arrebatadora. Ela pode até viver outras experiencias musicais, mas consciente do que está de fato fazendo e o que pretende alcançar: linda, visceral e tecnicamente perfeita.

Faça seu comentário. Exponha sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s