Porque Não Tenho Fé


Fé é a capacidade incrível de acreditar em coisas absurdas. Queria começar de outra forma, mas não costumo usar minha gentileza com coisas estapafúrdias.

No texto de hoje quero dar as razões de porque não tenho fé. Porque não alimento essa capacidade surpreendente de acreditar no logicamente impossível, no esdrúxulo.

Não Tenho

Poderia dar razões inúmeras para justificar racionalmente a minha falta de fé. Mas como não quero cansá-los com um texto longo, resolvi falar apenas duas. Os dois principais motivos pelos quais eu não alimento nenhum tipo de fé religiosa. Absolutamente nenhuma.

Fé é uma confiança plena e incondicional em algo ou alguém. É depositar todas as suas forças para acreditar naquela pessoa ou coisa. Um sinônimo de fé é confiança. (Fé também pode ter diversos significados, dentre os quais vale destacar: “s.f. Fidelidade em honrar seus compromissos, lealdade, garantia;  Crença nos dogmas de uma religião. Crença fervorosa.”)

 Vê-se que esse é um requisito elementar para qualquer religioso, pois ele deve ter confiança (e plena confiança) naquilo que ele acredita. Ele deve confiar na veracidade daquilo que ele defende.

Sem delongas, darei às duas principais razões que me fazem ter ojeriza a fé. Vamos a elas.

A fé é assassina

Foi com inspiração nessa confiança de que sua verdade é a única que deve ser aceita, de que religiosos de todos os naipes mataram milhões. Não houve maior praga de morte na humanidade do que a fé. Não diga que não foi a fé que fez isso, mas pessoas que não tinha o devido conhecimento do que estavam a fazer. Argumento falho esse. Essas pessoas estavam calcadas em quê? Na pura convicção de elas estavam fazendo o que era certo e melhor. E olha o que elas fizeram:

Extremamente Inofensiva

  • Com Inquisição da Santa Igreja Católica mais de 9 MILHÕES pessoas foram mortas por causa da fé. Esse não é um número exato, pois corresponde apenas a parcela de mortos (“infiéis”) nas cruzadas. Como disse, um número impreciso, mas de qualquer forma, um número grande. Esse quantitativo é maior do que a morte de judeus nas mãos dos nazistas.
  • E se tratando de todo o período a Inquisição (algo em torno de 1200 anos), foram entre 75-100 MILHÕES de vidas que foram injustamente tiradas.
  • Noite de São Bartolomeu, um dos maiores massacres da história humana, onde 100 mil huguenotes (protestantes franceses) foram vitimados sem nenhuma possibilidade de perdão.
  • Mulheres que se utilizavam de medicina natural para curar doentes, ou estavam no lugar errado e na hora errada (como por exemplo: uma mulher chega numa casa e o dono dela adoece e morre), eram tratadas como bruxas, e sofriam as mais cruéis torturas e assassinatos, que se pode imaginar. Para exemplificar bem isso, temos o macabro livro O Martelo das Bruxas compilado por Heinrich Kraemer e James Sprenger. Um tratado de como encontrar bruxas e exterminá-las que foi um best-seller da sua época. “Escaldadas em água com cal, suspensas pelos polegares com pesos nos tornozelos, sentadas com os pés sobre brasas ou resistindo ao peso das pedras colocadas sobre suas pernas, as rés não tardavam a gritar aos seus inquisidores que ‘sim, era verdade’, elas sacrificavam animais e criancinhas, evocavam demônios nas noites de lua cheia, e usavam ervas e feitiços para matar e trazer infelicidade aos inimigos”.
  • Ai tem um Osama Bin Laden que elabora a “genial” estratagema para limpar da face da terra os infiéis (todo mundo é infiel, menos o portador da fé “verdadeira”), numa dessas suas limpezas, a famosa de 11 de setembro, o “fieis” mataram mais de 2.996 pessoas.

Você com certeza têm muito mais casos e casos da interferência assassina da fé na história. O raciocínio de quem defende sua fé é o seguinte: “você tem que seguir o meu credo, se não seguir terá que morrer”. Ainda bem que hoje temos os direitos humanos, e leis que restringem ações violentas contra quem não alimentam ou nutrem a mesma fé do que a maioria. O que não impede que homossexuais seja queimados, ateus sofram discriminação pesada, e judeus (ainda) seja visto com maus olhos em determinados países.

Não tenho outra conclusão que não seja esta: a fé mata mais do que pensamos, e só não é mais assassina por causa das leis.

A fé é burra

Bobinhos

O que já deu para se concluir pelas linhas acima.

Contudo, cavemos mais o buraco.

É surpreendente no que os proponentes da fé acreditam. A fé tem se demonstrado até hoje, a maior afronta ao intelecto humano. Toda fé é cega, ignorante e de uma arrogância disfarçada insuportável.

Em termos puramente intelectuais a fé serve como uma proteção, uma redoma que bloqueia qualquer argumento que seja contra seu ensino. Pois se, numa conversa, por exemplo, eles (falo dos “fiéis”) se deparam com um argumento no qual eles não tem um contra-argumento, não conseguem revidar intelectualmente, eles apelam para a fé. A fé é a massa que preenche todas as lacunas lógicas e de raciocínios que há nas religiões. É a fé que justifica as absurdas e estapafúrdias idéias que se defendem por aí. De que ser gay é uma doença, ser negro é um defeito genético (sim amigo, não fica com essa cara de surpreso aí não), de que as pessoas na África passam fome porque são pagãs, e por aí vai. A fé também serve como mecanismo de defensa e ditatorialismo, porque se você diz que é contra determinado tipo de credo ou crença, a pessoa se sente ressentida, pois você ofendeu a sua fé. Ou seja, toda e qualquer crítica a qualquer fé, é sempre encarada como ofensa.

A fé te amordaça

Para você ver que a fé é burra, olha só os que a têm conseguem acreditar de forma incondicional e sem contestar por se tratar, para eles, de uma verdade de fato:

  • Um  cara que ficou 3 dias dentro da barriga de um peixe gigante porque desobedeceu ao seu deus (Jonas);
  • Um analfabeto que escreveu um livro que foi ditado por um anjo (Maomé);
  • Um homem que foi trasladado aos céus por carruagem de fogo, e esse mesmo homem foi alimentado por um corvo (Elias);
  • Uma cobra que enganou uma mulher que não tinha percebido que a tal cobra era inteligente (Eva);
  • Com um cajado um cara abriu o mar, enquanto descia do céu uma coluna de fogo que bloqueava os inimigos (Moisés);
  • Que um homem transformou água em vinho, e que alimentou uma multidão com apenas alguns pães e peixinhos;
  • Que existe um ser todo-poderoso que criou a terra e tudo o que nela existe em apenas 6 dias e no sétimo descansou;

Faz todo sentido


Se eu fosse abranger mais religiões, essa lista ficaria imensa, cheia de ficção que é levada a sério. Não tem como ser minimamente racional e acreditar nessas coisas. Mas como é uma questão de fé, isso é absolutamente normal e aceitável. A fé é um estímulo a burrice, tapar os olhos para a realidade; é viver numa dimensão paralela onde qualquer loucura faça sentido.

Por isso não tenho fé, porque sou uma pessoa que prioriza a razão, a lógica e a inteligência como fatores que norteiam a minha existência. Não consigo viver sem contestar, sem perguntar “por que isso é assim?”. A fé é de um comodismo radical. Não sou cômodo. Não tenho fé e nem a quero ter. Se para ter fé eu precise ser ignorante, a dispenso. Se para ter fé eu tenha que forçar outra pessoa acreditar em mim, não quero isso. A fé é burra, e quem a tem também.

Links: A Inquisição, Inquisição Protestante, A Noite de São Bartolomeu , O Martelo das Bruxas 1, O Martelo das Bruxas 2.

Texto complementar: Absurdos Bíblicos.

Anúncios

Sobre Ricardo Silva

Sem talento para auto definições.
Esta entrada foi publicada em Filosofando com as etiquetas , , , . ligação permanente.

37 respostas a Porque Não Tenho Fé

  1. Eu acho que todos tem razão. Eu mesma não tenho fé pois sou racional demais como meu amigo aqui. Mas acho lindo quem a tenha. Até gostaria de acreditar em algo, mas nunca consegui. Percebo que as doutrinas são cheias de simbolismos e rituais sem muito sentido, apesar de achar que não há nada errado nisso.

  2. Anthony Carlos diz:

    Nossa sou espírita e isso que foi. escrito aí tem muita lógica a fé e acreditar no uso não está vendo ou tocando sou batizado na Grécia católica mas um detalhe ninguém na face desse mundo pode provar o que está escrito em gualquer bíblia o que está escrito é verdade foi o homem que escreveu a milhares de anos atrás e até hoje já mudarão muitas coisas como um antigo testamento pode ser mudado PR um novo testamento quem deu poder ao homem PR mudar isso PR mimo que está escrito é apenas uma forma de fazer o homem fazer justiça com as próprias mãos e acreditar em algo um algum ser PR conseguir levar a vida dura ser fraquejar por isso não tiro a razão de quem escreveu isso .

  3. N diz:

    Olá pessoas! Todos estao certos, cada individuo possui a sua propia “Realidade”, se alguem tentar colocar sua realidade p outra pessoa enchergar, vai dar problema! Fica a dica! Ah! Sou Agnóstico Teista,Abs a todos.

  4. sebastiaomamede@gmail.com diz:

    Não devemos confundir fé com distorção!a fé não é cega e muito menos burra! A fé é algo maior que isso e ela em si próprio demostra a sua existência, a fé não é medida em outras pessoas é comprovada em cada individuo que a tem!assim como a fé Também é Deus.

  5. Regina diz:

    Eu tenho fé! No universo, nas estrelas, na natureza, tenho uma fé racional, pois vejo a fé como uma força que deve andar de mãos dadas com a razão, com o conhecimento e acima de tudo com a sabedoria. Excelente texto, mas faço minha resenha salientando que todas as atitudes mencionadas no texto como atitudes de fé, feitas em nome da fé são atitudes ignorantes justificadas pela linda palavra FÉ, deveriam ser chamadas de atitudes fanáticas e ignorantes. Devemos ter fidelidade com a vida, com o comprometimento de nos tornarmos seres humanos realmente humanos observando a natureza e não com religião e com o que para nós nos parece moralmente certo e adequado. Tenho fé que somos muito mais do que demonstramos ser e que a fé só cura aliada com uma grande dose de humildade e comprometimento com a causa maior a vida em sentido amplo!

  6. D diz:

    Penso ter uma inteligencia media, sou advogada, empresaria, tenho padrao cultural e social tambem medianos, maaaaaassss, em que pese tudo isso, estraguei minha vida por causa desse sentimento….a fe, a esperança podem destruir uma pessoa…e eh entao que voce percebe que esta sozinho…e dai cai na real…eh triste…passa um bom tempo frustrado por ter se enganado. So resta aceitar a realidade, talvez neste sentido ainda cabe que “a verdade salva”..

    • Compartilho de mesma frustração. E mesmo quando nos damos conta que a realidade é mais que um acreditar, ainda assim, a dúvida nos persegue porque a crença fica enraizada na mente. Digo que a lavagem cerebral deixa marcas profundas e que sofremos em dobro quando abandonamos a fé cega. É como aprender a andar de forma correta já sabendo utilizar todos os ossos do corpo de maneira errada. Complicado, mas ainda tenho esperança. Criei minha própria teoria de Deus para que eu sobreviva a mim mesma e minhas dúvidas. Eu penso que Deus está me mim e que como filha dele e não preciso mais depositar minha fé em nenhum outro santo, acreditar apenas em mim já basta. Na frase “eu sou o caminho, a verdade e a vida” eu sou o sujeito principal da frase.

  7. nota 10 para esse ultimo comentario, fé não se compra em super mercado, ou voce tem ou não tem.

    • Edson Zeferino diz:

      O caminhoneiro quando pega uma carga para levar em um determinado destino,na sua maioria das vezes, não sabe onde exatamente fica.Mas quem os leva é a estrada que lá está,ele na sua convicção sabe que chegará.
      Assim usamos a convicção de fatos que não vemos,mas temos certeza que está lá,em toda trajetória de nossas vidas foi assim e continuará sendo,quando pequenos que estamos a aprender,nossa mãe nos chama: – “Filho venha almoçar” “Filho trouxe um brinquedo para você”.Caso estas situações não sejam verdadeiras será uma decepção para criança,que usou a sua crença,sua convicção daqueles fatos relatados a ele.
      Fé está presente em tudo,neste momento sei que pela fé alguém vai ler essa mensagem,apenas, não sei quem.
      O trabalhador normalmente recebe o salario mensal após ter executado todo o mês de serviço,convicto de que vai receber,por mais que diga que não tenha fé, ela está presente.

  8. karina diz:

    Bom ! antes de me criticarem eu sou curiosa e gosto de saber as opiniões das pessoas á respeito pelo que pensam. Sou católica, e ter fé não é dizer eu tenho fé, é acreditar em algo. Minha irmã disse que não tem fé, até por isso fiquei mas curiosa para saber se seria apenas ela a pensar assim. Ela me disse que não tem fé pois nada na sua vida dar certo, um serviço ou faculdade, então ela deixou de acreditar nele, ou talvez acho que nunca acreditou. Eu acredito em Deus, sabe é como amar, pois amar é você acreditar, é querer esta por perto, fazer coisas que o deixa feliz. Essas ultimas palavras não tem nada á haver com fé, só foi para esclarecer o AMOR. Eu amo um homem ele me ensinou muitas coisas, eu sinto como se fosse meu anjo-protetor rsrs…. Mas tudo bem todos tem sua opinião né ? eu tenho a minha e você tem o seu, se alguém não tem religião, como um apessoa também em ser GUAY, não vou critica-la por isso, quem sou eu para julgar alguém sendo que somos e carne e osso também, independente de raça ou crença. Bjss :-)…

  9. Rodrigo diz:

    Eu tb nao tenho fé, eu mais questiono que acredito , impossivel eu crer algo, meus pensamentos vivem mudando.

  10. Erival diz:

    Bom dia, voce deve ser muito inteligente para escrever essas coisas, muito bom mesmo, más o que está te faltando é Deus, voce pode não querer aceitar é o seu direito, voce pode opinar tambem é um direito seu, más só que voce não tem o direito de decidir nem mesmo sobre sua VIDA, e porque? Foi Deus que te deu e quem tem o poder de dar tambem tem o poder de tirá-la, a sua vida tem um dono que é Deus e isso eu posso (BIBLIA) prova Vou te fazer uma pergunta; Pode o homem por mais sabido (como voce), ele pode do nada criar outro HOMEM? Porque não venha me dizer que nessas experiencias de criação os cientistas do nada conseguem alguma coisa, não toda e qualquer descoberta cientifica sempre vai começar de algo e esse algo o homem jamais consegue criar, porque do nada sai é nada, mas de alguma coisa deve sair outra coisa, portan Sr. Inteligente se reserve a Saber que por mais que voce não aceite, existe um Deus Criador e voce e eu não passamos de apenas uma criatura, porque voce e niguem irá CRIAR (CRIAR significado= Tirar do nada, dar existencia, CRIAR). Bobinho, cria algo do nada e então voce pode dizer que não é somente Deus que faz isso CRIA que eu quero ver, se voce fizer isso eu poderia até entender voce.

    • marcus coelho diz:

      amigo, não contesto nenhuma palavra sua, é bonito, mas, fé não se vende em supermercado e quem tem tem, quem não tem não tem jeito, não tem mesmo. Como na sua biblia eu digo: gostaria de ter uma prova da existencia de tudo que voce acredita e não tive até agora, não sei o amanhã, mas, o amanhã não é hoje.

      • Só para complementar o comentário… uma pessoa que tem fé também não pode criar outra, assim como aquela que não tem fé, então, tanto faz acreditar em algo como não acreditar que nasce e morre assim como todos… quanto à vida eterna ninguém pode mesmo falar nada pq todos somos mortais. Por outro lado penso que é mais provável alguém que não têm uma fé cega criar algo que seja bom para a humanidade do que aquele que aceita e consente tudo que está escrito. Ótimo texto e não precisa ser gênio para começar a contestar as vias da fé, basta ter sua própria vida como experiência. Respeito quem tem fé, mas eu gostaria de ser respeitada por não ter.

  11. A falta de fé também é burra e assassina.
    Que o digam stalin, pol pot, lenin, mao, que juntos mataram mais de 100 milhões em menos
    de cem anos.

  12. marcus vinicius coelho diz:

    tudo o que acontece em nosso planeta ou no universo é pura energia,o que chamam de espirito é apenas energias que ficam soltas e que são atraidas pelo feto e são dados como espiritos, assim explica que cada individuo traz energias que estavam soltas e por isso se comportam no nosso planeta, quando a gente morre essa energia é liberada e fica aguardando um novo corpo para habitar.o universo tem a sua propria lei e governo. não existem deuses e milagres são produtos da fé que cada um tem em si proprio

  13. João Carlos diz:

    Gostei do seu texto, coaduna com o que penso. Tive que fazer catecismo para casar e isso me ajudou ainda mais a ver a fé como uma coisa estúpida e sem lógica. Assistindo a TV vendo aquele monte de pastores fazendo “milagres” me faz pensar que mundo idiota é este. Estamos aprisionados dentro de uma bola esférica e evoluímos de uma maneira talvez de maneira ímpar no universo. Nunca houve um debate mundial que chama-se a atenção sobre esse assusto, acho que nunca terá. A religião é o maior caça níquel que existe, como é fácil arrancar dinheiro de ignorante. Você falou da inquisição, judeus, mas se esqueceu de um genocídio ainda maior, os dos índios da américa, esse ninguém comenta, foram dizimados pelos países com o apoio da santa igreja. Vc sabia que antes de um massacre na ilha de Cuba em 1500 e alguma coisa (vi isso em um documentário na TV escola), havia uma discussão para saber se os índios eram pessoas ou não. Estou cansado dessa baboseira toda. A pessoa para acreditar em anjos e querubins e nas estórias fantásticas da bíblia deve ter uma cabecinha fechada de dar dó. O colega nos comentários acima, disse que a ciência já aceita o sobrenatural, onde esse cidadão viu isso? bom é só, serviu para desabafar, já que ninguém se importa com esse assunto da maneira devida. A única verdade em que acredito é que caminhamos para nossa extinção isso sim é fato.

  14. Carlos diz:

    Hitler matou muita gente também com base na fé, na fé de que seu povo era superior aos demais e na fé de que os culpados eram os judeus.
    fé é para os tolos, quem é cético tem mais conhecimento consistente enquanto os bebados se enebriam com arquétipos de seus próprios vicios.

  15. sou_espirito@hotmail.com diz:

    A fé é algo que se sente e que a razão não impossibilita. Como se explica a beleza de uma obra de arte genial de forma racional? Todavia é irracional apreciar a beleza? A natureza é uma obra de arte. Serás capaz de a apreciar? É irracional imaginar uma Inteligência imensa por detrás da construção do teu próprio corpo?

    Deus é uma hipótese cientifica, válida: É a inteligência Suprema, Causa Primeira de todas as coisas. É muito mais lógico pensar que existiu uma causa primeira para o Big Bang, do que pensar que, de nada, pode surgir alguma coisa, que é conversa de ilusionista e não de cientista. Não chames a essa causa “Deus”, se esse nome te choca.

    Os religiosos retratam Deus à imagem de si mesmos. E os ateus fazem o mesmo para os criticar. Mas não tenhas medo. Deus é perfeito demais para se ofender, ainda por cima com criancices. Não se ofende nem com eles nem contigo.

    Deus pôs à tua disposição todos os meios de que necessitas para encontrar uma fé não cega. Procura-a, em ti mesmo. O auto-conhecimento e o auto-aperfeiçoamento são um trabalho a levar a sério, com muita preserverança. Na tua realidade és a personagem e o espectador. Influencias e és influenciado. A primeira coisa que tens de compreender, é o que é a realidade e o que é ilusão. O que é a realidade e o que é o erro do observador.

    As palavras de Jesus são uma obra de arte. Já leste os evangelhos com os teus próprios olhos? Não vês a luz daquelas palavras? Compreende que és uma alma eterna e individual, que tens, provisoriamente um corpo de carne. Lê os evangelhos e medita. Ninguém precisa de saber disso. Mas não tenhas mais medo de cair no ridículo, do que de cair na ignorância.

  16. Ahhh desculpa por ter te pedido para tomar cuidado com o que fala tinha esquecido que vc não está nem aí para o que pensam ou deixam de pensar sobre suas “opiniões”.
    Ahhh ops!!! Vc não sabe o que é desculpas.

  17. Vinicius diz:

    Ninguém sabe se as pessoas que acreditam em Deus estão erradas, mas ninguem sabe se estão certas. A própria ciência admite que o sobrenatural existe e concorda em parte com a igreja, e a igreja admite que a ciência está certa em parte do que diz. Então, no fim de tudo, todos devemos respeitar a crença ou não-crença do próximo uma vez que opinião cada um tem a sua.

  18. Uau…Interessante seu texto!
    Já conhecia toda essa história mais vc a tornou mais divertida(claro vc tem uma “ótima” interpretação de tudo!). Vc coloca o crente como inferior aos outros por acreditar em algo ou alguém(como vc mesmo disse)porém vc também é um;vc acredita demais na capacidade da ciência,da razão como sendo a forma mais segura de acesso ao conhecimento. Tudo Falha!!!!!
    Como estudantes de filosofia que somos temos que saber nos expressar,não levando tanto em conta nossos gostos ou crenças! Ahhh agora tome cuidado com o que fala,pois para isso vc deve conhecer bem o assunto e sinceramente acho q vc precisou um pouco mais de leitura em história.
    P.S.LOGICAMENTE IMPOSSÍVEL…ADOREI(rsrs)

    • Tomar cuidado com o que estou falando. É o que você me pede. Não vou elaborar uma resposta muito demorada, porque serei que será uma completa perda de tempo se tratando de você. Apenas o que tenho que falar é o seguinte: estude mais história (não a tendenciosa que é a cristã com sua versão adocicada dos acontecimentos), o resultado será uma ojeriza pelo cristianismo (não estou falando de Deus). Não escrevo sem o devido preparo. Conheço muito bem a história da Igreja e do Cristianismo, sei do que escrevi. Como disse no texto, a fé cria essa redoma aprisionante que impossibilita um visão mais isenta das coisas. E a sua visão, pelo que me parece, não possui isenção alguma.
      P.s: como você disse sobre o distanciamento necessário para se escrever sobre algo, devo lhe informa que você não se atentou para o título do texto – Porque não TENHO fé, ou seja as MINHAS razões para não ter. As minhas.

  19. Yuri S. C. diz:

    Uau!
    Nove milhões de mortos pela inquisição?
    Pelo visto quem escreveu não sabe o que foi a inquisição.
    Aliás, não sabe história.

    • “Esse não é um número exato, pois corresponde apenas a parcela de mortos (“infiéis”) nas cruzadas. Como disse, um número impreciso, mas de qualquer forma, um número grande. Esse quantitativo é maior do que a morte de judeus nas mãos dos nazistas.
      E se tratando de todo o período a Inquisição (algo em torno de 1200 anos), foram entre 75-100 MILHÕES de vidas que foram injustamente tiradas.”

      Pelo visto o autor deste comentário não terminou de ler o texto direito.
      Aliás, não sabe nem ler direito.

      • Yuri S. C. diz:

        Pior que li.
        E só fortaleceu minha última frase “Aliás, não sabe história”.
        Vai ver que eu só escrevi porque faltaram as referências… é fácil inventar números.
        Aliás, seria muita falta de precisão errar por milhões.
        De 1 milhão para 75-100 milhões…
        De uma hora para outra, de forma arbitrária, a inquisição virou cruzada…

        Você tem toda razão, a fé é burra.

  20. Edemilson Lima diz:

    “Uma visita ao hospício mostra que a fé não prova nada.” (Nietzsche)

    “A ciência está aberta à crítica, que é o oposto da religião. A ciência implora para que você prove que ela está errada – que é todo o conceito – onde a religião o condena se você tentar provar que ela está errada. Ela te diz aceite com fé e cale a boca.” (Jason Stock)

    “Seres humanos nunca pensam por si mesmos, acham muito desconfortável. Na maior parte, os membros de nossa espécie simplesmente repetem o que lhes é dito – e ficam aborrecidos quando expostos à qualquer ponto de vista diferente. O traço característico humano não é o conhecimento mas a conformidade, e a característica resultante é a guerra religiosa. Outros animais lutam por território ou comida; mas, singularmente no reino animal, os seres humanos lutam por suas ‘crenças.’ A razão é que as crenças guiam o comportamento, que tem uma importância evolucionária entre os humanos. Mas numa época onde o nosso comportamento pode nos levar à extinção, não vejo razão para assumir que temos qualquer conhecimento. Somos conformistas teimosos e auto-destrutivos. Qualquer outro ponto de vista da nossa espécie é apenas uma ilusão auto-congratulatória.” (Michael Crichton)

    • Religiões …….Futebol……Gostos…..Não se discutem…..em se tratando de Fé então , sem comentários…. Fé você tem ou você não tem ! E cada um vive segundo o que crê !

  21. Não tenho nada contra a fé e nem a favor dela, muito pelo contrário, tenho tudo contra e tudo a favor, rs rs.

    Falando sério, devo dizer que não posso classificar as pessoas religiosas ou que acreditem firmemente em alguma coisa como sendo intelectualmente inferiores, até porque não posso provar que estejam certas e nem erradas, mas condeno os atos praticados contra outros em defesa de crenças, sejam elas quais forem. Recentemente tivemos o caso do deputado Jair Bolsonaro, um homem declaradamente homofóbico que segue esse pensamento baseado no que diz sua bíblia e se ele tivesse poderes de um antigo imperador, imagino que colocaria vários dos seus desafetos em uma parede de fuzilamento.

    Tal como não posso julgar os crentes em alguém ou alguma coisa, não posso também compactuar com a idéia dos ateus de que são seres de intelecção superior (e a maioria se acha ser), mesmo sendo certo que em geral são pessoas bem esclarecidas, conheço alguns ateus que sequer chegaram a concluir o ensino fundamental, logo, a crença ou não em algo que vai além do explicável se dá por uma espécie de disposição pessoal e de acordo com a necessidade.

    Imagine-se só em uma ilha deserta e pense no que faria, é provável que ocorresse algo semelhante ao visto no filme Náufrago, onde o protagonista dá vida a uma bola de basquete (Wilson) para sentir-se menos solitário e o que começou com uma sensação de loucura para o próprio, passou a ser uma certeza de que a bola tinha vida, a ponto de sentir-se culpado por magoá-la num dado momento.

    A vida em sociedade não oferece um alicerce para a valorização da própria vida e algumas pessoas recorrem a seres que elas realmente crêem existir, ainda que nunca tenham prova real disso, de forma a tornar a própria existência como algo explicável.

  22. Romario Silva da Silva diz:

    A religiao foi arquitetada para infundir na massa a sensação que estar sendo prestigiada, por um Deus, que a vida miseravel que tem será recompensada com um galardao nos céus, junto tal Deus imaginario, entao vale apenas os sacrificios, a fé é o que torna possivel a existencia de “Deus”, na medida que é inefavel racionalmente existencia de um Deus, somente apelando para fé a relifgiao realmente constroi uma camisa de força contra todo o discurso cetico(herege), a fé certamente é um opio, uma droga, mas ela é necessaria para manter o equilibrio social, ainda que exista as normas socioculturais, o povo precisa acreditar em alguma coisa, temer um ser possivelmente superior no caso a fé no imperativo da lei; sou contra os homens que se usaram a fé em Deus como justificativa de seus crimes, para impedir o esclarecimento, e aqueles que ainda hoje se aproveitam da fé dos outros para roubá-los com promessas absurdas. Os que se fundamentam seus crimes na fé são os verdadeiros culpados, o mal não esta necessariamente na fé, mas no uso que se faz dela.
    Minhas congratulações pelo sucesso do blog.

  23. Ricardo, é interessante teu texto. Concordo em parte, Pois sou contra todo tipo de fundamentalismo, inclusive o da ciência. Há, no entanto, uma afirmação perigosa no teu texto – digo perigosa porque também revela um certo fundamentalismo, uma crença, uma fé. Você afirma “(…)Por isso não tenho fé, porque sou uma pessoa que prioriza a razão, a lógica e a inteligência como fatores que norteiam a minha existência”. Priorizar a razão, a lógica e a inteligência (como se fossem as únicas vias de acesso à “realidade” ou nortes para a sua existência) revelam., no meu modo de entender, uma crença nos poderes da razão e da lógica. Cuidado, às vezes é bom lançar sobre nós mesmo certo signo de suspeita. Um abraço.

    • Não sou um fundamentalista, tanto que admito que a ciência possue crassos erros, falha muitas vezes de maneira vexaminosa (apesar do foco do texto nem estar na ciência) . Mas o que diferencia a ciência da fé religiosa, é não buscar recursos divinos e imaginativos para não admitir que não conhecer, não sabe. Quando a ciência não sabe, ela diz isso de forma clara. Ao contrário da fé religiosa que inventa respostas. No trecho que você cita, pode parecer, dependendo do hermeneuta, que há sim fundamentalismo no meu escrito. Contudo, nesta parte não estou a dizer que todos os que possuem fé, são desprovidos de racionalidade, inteligência. De forma alguma. Mas estou a dizer apenas que o que não é priorizado na fé é a razão, lógica, a racionalidade. Vide os absurdos que os “fiéis” acreditam que são fatos verídicos. Isso não é uma atitude de quem prioriza a razão lógica.
      A respeito de ter a razão, a lógica, a inteligência como “únicas” vias para se alcançar a “realidade”. Não sou credor em absoluto desta ideia. Obviamente que minha propensão está em dar bem mais credibilidade a racionalidade do que a qualquer outra coisa. Mas existem outros caminhos que são viáveis, como a arte por exemplo. Mas a arte já diz por si que é imaginativa (mesmo que esteja nos ajudando a apreender uma ou a “realidade”), ao contrário da fé religiosa que põe sobre si a sina de estar absolutamente certa em seus preceitos e credos.
      Sou contra, tal qual você, qualquer espécie de fundamentalismo. Pois todo fundamentalismo é burro. É uma fé disfarçada (ou descarada). Jamais transformaria meu ceticismo e ateísmo numa espécie de religião.
      Saindo do tom sisudo, quero lhe agradecer professor por ter tomado um tempo para ler meu texto e comentá-lo. Fico honrado e agradecido por dialogarmos no campos da ideias de forma tão saudável.

    • Carlos diz:

      melhor se fundamentar na lógica que na insanidade não acha?

      • Sônia diz:

        O que somos? O que sabemos?
        A causa de tantas guerras, perseguições, matanças, etc é a mesma: pessoas que se julgam possuidoras da “Verdade” e que, por causa desta verdade: humilham, criticam, debocham, e às vezes até agridem fisicamente aqueles que pensam de maneira diferente delas! Não vi nada muito diferente aqui neste debate! Tudo isso na minha opinião, tem a ver com o excesso de orgulho!
        Que pena…
        Vi pessoas aparentemente inteligentes aqui, que deveriam utililzar esta mesma inteligência para discutir o que podemos fazer de diferente daqueles que, por meio da fé ou pela falta dela, causaram ou causam tanto mal ao seu semelhante! Discutir e por em prática, coisas que tornem o nosso mundo um pouco melhor do que nós encontramos e que, ao estarmos prestes a deixá-lo, não lamentemos ter feito pouco ou nenhum uso dos recursos que tínhamos, despediçando-os com discussões infrutíferas e julgamentos errôneos!
        Se tenho ou não fé? O que importa? O que faço de positivo com a bagagem que adquiri ao longo de minha vida, para mim e para o meu mundo, acho que isso importa bem mais!
        De qualquer maneira, aprendi um pouquinho mais sobre o ser humano ao entrar neste site (por isso entrei, pois, sou muito curiosa sobre os mais diversos assuntos e opiniões)!

Faça seu comentário. Exponha sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s