Ponto Fraco


Nessas conversas de bar se fala de tudo. Desde as coisas mais estúpidas até as mais intelectualmente profundas. Bar é um lugar onde quase todos se sentem no direito de dar uma filosofada. Mas agora imagine como é uma conversa de um grupo de acadêmicos de Filosofia sentados num barzinho tomando uma cerveja e falando sobre amor. Imaginou? Se sim ou se não tanto faz, porque eu não vou falar de filosofia de bar de qualquer forma. Vou falar de uma coisa que me foi dita e que me ficou na cabeça (por isso não menosprezo conversa de bar, pois as vezes delas saem coisas fantásticas – ou idiotas também – que podem ser aproveitadas na vida ordinária). Lá vai:

Estava eu com um grupinho de amigos divagando sobre coisas bobas, até que começamos a falar de algo que eu tinha escrito num outro blog (se vc quer ver o que tava escrito lá, dê uma olhada aqui ——>>> http://migre.me/49REc ). Um amigo, Elias ele se chama, ele tinha escrito um comentário que eu não tinha entendido. Está aqui o comentário olha: “Todo homem tem um ponto fraco e geralmente ele está fora de seu corpo.” Pedi para ele me explicar. Ele disse que a bendita citada é o meu ponto fraco. Voltei pra casa com aquela merda na minha cabeça.

Todo mundo tem um ponto fraco, ele pode estar dentro ou fora do nosso corpo. O pior ponto fraco é aquele que está fora. Quando o seu ponto fraco é uma pessoa, sua vida se torna deplorável, porque a única saída é matar a pessoa (mas não fazemos isso por questões morais e também porque não queremos ser presos). Quando alimentamos um afeto, ódio, paixão, asco, amor, repulsa, por algo ou alguém, o objeto de nossos sentimentos não são afetados, mas nós no entanto…

Não vou me demorar (mesmo porque nem tenho muito pra escrver sobre isso). Mas nem banque o invencível, porque se você não identifica um ponto fraco em você, repare bem pois ele pode estar bem pertinho, do lado.

Advertisements

Sobre Ricardo Silva

Sem talento para auto definições.
Esta entrada foi publicada em Filosofando. ligação permanente.

Uma resposta a Ponto Fraco

  1. Kssiddy Weslley diz:

    Há mais de um ponto fraco, e temos de dar atenção a eles, não um de cada vez, querendo superá-los, e sim um pouquinho pra cada querendo adaptá-los.

Faça seu comentário. Exponha sua opinião!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s